Pezinho

I'm a title. Click here to edit me

 

   Paixão Cortes e Barbosa Lessa descobriram através de suas pesquisas que a simplicidade coreográfica do Pézinho, juntamente com sua melodia que remete a cantigas infantis tornou esta dança muito popular em Portugal e na região de Açores, tal popularidade fora encontrada também nos estados brasileiros de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Os gaúchos amoldaram a melodia do pezinho para o estilo musical típico de suas danças, principalmente pela inclusão da gaita em sua execução, assim a melodia adquiriu mais vivacidade e alegria. Sabe-se ainda que o Pézinho é a única dança tradicional gaúcha onde os todos os dançarinos obrigatoriamente cantam sua letra.

 

   Coreografia: o pezinho caracteriza-se como dança de pares independentes, durante toda a dança os dançarinos estarão em contato direto com o par, seja pelo enganchar de braços os pelo segurar de mãos. A dança é composta por quatro figuras, iniciando com uma marcação pendular de pés dos pares, seguida de giros inteiros com os braços enlaçados, a terceira figura é caracterizada pela marcação dos pés em linha reta e por fim a quarta figura deverá ser realizada pela execução, novamente, de giros inteiros com os braços enlaçados.

 

Letra extraída do Manual de Danças Gaúchas de Paixão Cortes e Barbosa Lessa: 

 

Ai bota aqui, ai bota ali o teu pézinho,

O teu pézinho bem juntinho com o meu.

Ai bota aqui, ai bota ali o teu pézinho.

O teu pézinho o teu pézinho ao pé do meu.

 

E depois não vá dizer

Que você já me esqueceu (BIS)

 

E no chegar desse teu corpo

Um abraço quero eu (BIS)

 

Agora que estamos juntinhos

Dá cá um abraço e um beijinho (BIS)